Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Estado Novo

Índice

2

3

5

6

A oposição política, durante o Estado Novo;

A importância das colónias ultramarinas e a sua relação com a metrópole;

O posicionamento de Portugal face à política internacional;

Vivências do povo português neste período;

Cultura do país

1

Como começou o Estado Novo;

4

Em 1928, o Presidente da República, general Óscar Carmona, nomeou António de Oliveira Salazar, para ministro das finanças.Salazar reorganizou as finanças do país, conseguindo equilibar o orçamento e reduzir a dívida externa, sendo considerado o "salvador da pátria".Em 1932, Salazar foi nomeado chefe do governo, apresentando em 1933 uma nova constituição.

Como começõu o Estado Novo

A oposição política

Durante o Estado Novo em Portugal, a oposição política foi severamente reprimida. O Estado Novo suprimiu partidos políticos de oposição.Para controlar a oposião foi criada a PIDE( Polícia Internacional de Defesa do Estado), que madou milhares de opositores políticos para a prisão e que matou centenas de pessoas.

A importância das colónias ultramarinas e a sua relação com a metrópole

Durante o Estado Novo em Portugal, as colônias ultramarinas desempenharam um papel crucial na economia e na ideologia do regime sendo exploradas economicamente.A exploração dos recursos naturais e mão-de-obra das colônias contribuíram significativamente para a economia portuguesa, especialmente em setores como agricultura e comércio.

O posicionamento de Portugal face à política internacional

Durante o Estado Novo, Portugal adotou uma política externa caracterizada por uma forte neutralidade.O país tentou manter relações cordiais com as potências ocidentais, especialmente com o Reino Unido, mas evitou envolver-se em alianças internacionais, como a NATO.

As pessoas viviam sob um sistema repressivo, com censura à imprensa, limitações à liberdade de expressão e restrições aos direitos políticos.O Estado controlava muitos aspectos da vida pública e privada, como a economia, a educação e a cultura.Muitos portugueses enfrentavam dificuldades econômicas, com baixos salários e más condições de trabalho.

Vivências do povo português neste período

Durante o Estado Novo em Portugal, a cultura refletia fortemente os valores e as políticas do regime autoritário de Salazar.No cinema, a produção estava sujeita a forte censura.Os filmes frequentemente promoviam valores conservadores e glorificavam a história portuguesa.Na música o fado continuou sendo uma forma de expressão popular, no entanto, o regime tentou promover uma cultura mais nacionalista.

Cultura do país

Salazar nomeado chefe de governo.

1932

+

+

+

+

Nova constituião

1933

Assembleia nacional foi eleita por sufrágio direto.

1934

Foram criadas duas organizões juvenis.

1936

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

Fim

Trabalho realizado por:Afonso Cavaleiro, nº1, 9ºAGuilherme Azevedo, nº7, 9ºAGuilherme Sousa, nº8, 9ºAMiguel Correia, nº18, 9ºA