Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Estado Novo

Victória Aylla Nº19Paolla Nicolly Nº13

Turma 6ºH

Sumário

Vamos apresentar um trabalho, sobre meios repressivos durante o Estado Novo.

Imagens da época

Um vídeo sobre o Estado Novo

dE QUE forma o estado novo era ditador e repressivo?

A imprensa (jornais, revistas, televisão,rádio...) e outras formas de expressão (pintura, literatura, cinema, música...) também eram utilizados para transmitir os ideais do Estado Novo. Por isso eram controladas pela censura prévia, que cortava tudo que fosse contra o regime.

O Estado Novo assentava em organizações repressivas e mecanismos de controlo da população criadas por Salazar, à semelhança do fascismo italiano, para garantir o culto da personalidade ou culto do chefe e a negação dos direitos e liberdades individuais. Logo em 1933 foi criada a Polícia de Vigilância e Defesa do Estado (PVDE) para controlar os opositores políticos ao regime, contando com uma vasta rede de informadores civis.

Organizações repressivas

Autoritarismo e Conservadorismo: O Estado Novo rejeitava a liberdade e a soberania popular. Valorizava tradições, como a família tradicional. Em resumo, o Estado Novo foi um período marcado por autoritarismo, censura e centralização do poder, sob a liderança de Salazar

Medidas e Características: Salazar adotou o modelo fascista italiano, criando instituições para impor a ordem social. União Nacional: Único partido autorizado. Atos Colonais: Reforçaram a missão civilizadora de Portugal nos territórios ultramarinos. Estatuto do Trabalho Nacional: Regulava o setor produtivo. Constituição de 1933: Marcou a transição da ditadura militar para a ditadura civil.

O Estado Novo foi um período autoritário na história de Portugal, que se estendeu de 1933 a 1974. Aqui estão os principais pontos sobre o Estado Novo: Origem e Contexto: Após o golpe militar de 28 de maio de 1926, Portugal enfrentou uma crise política e financeira. António de Oliveira Salazar foi nomeado para tratar das finanças do país e conseguiu equilibrar o orçamento do estado.

Conclusão