Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Trabalho realizado por:Pedro Lindo, nº 5 e Leandro Apolo, nº 4 - 12ºPADisciplina de PortuguêsMódulo 9Formadora: Marie-Line Guerreiro

Escola Secundária José Belchior ViegasAno letivo de 2023/2024

O espaço

Memorial do Convento

Pergunta interativa

18

Índice

Capa

ìndice

Introdução

Espaço Físico ou geográfico

Espaço Social

Espaço social- Lisboa

espaço social - mafra

espaço social- Alentejo

9-13

ambientes

14

espaço social- casa

15

espaço psicológico

16

espaço simbólico

17

conclusão

19

webgrafia

Memorial do convento

Introdução

No nosso trabalho iremos abordar a temática do Espaço na obra Memorial do Convento, da autoria de José Saramago.Vamos dar a conhecer os conceitos de espaço físico, social, simbólico e psicológico,bem como o modo como estes se relacionam com as personagens

  • Vela
  • Pero Pinheiro
  • Monte Junto
  • Torres Vedras
  • Terreiro do paço
  • Rossio
  • São Sebastião da Pedreira
  • Odivelas
  • Xabregas
  • Azeitão
Mafra
Lisboa
Mafra
Lisboa

Memorial do convento

Espaço físico ou geográfico

Macroespaço

Microespaço

Terreiro do PaçoLocal onde Baltazar trabalha num açougue, após a sua chegada a Lisboa. O Terreiro do Paço é onde o romance se inicia, com a reunião do rei D.João V com o povo e o lançamento da primeira pedra para a construção do palácio de Mafra. É neste local que ocorrem vários episódios que ilustram as tensões sociais e políticas da época, como por exemplo durante a passagem em que Blimunda e Baltasar assistem à execução pública de um homem.O Terreiro do Paço serve como ponto de encontro e desencontro para as personagens principais, pois é lá onde Blimunda e Baltasar se conhecem pela primeria vez. Mais tarde, é lá que se reencontram e onde várias reviravoltas na história acontecem. Pode-se afirmar que o Terreiro do Paço não é apenas um cenário, mas um espaço carregado de significados históricos políticos e sociais "Comeu enquanto caminhava em direção ao terreiro do paço. Entrou no açougue que dava para a praça." (pág 45, linha 5 e 6)Aí decorre a procissão do Corpo de Deus. "A ver dos preparos da festa"(pág159, Linha 5)

    Memorial do convento

    Espaço Físico

    RossioLocal onde decorrem os autos de fé e a procissão da penintência na Quaresma.No Rossio é recordado o primeiro encontro de Baltasar e Blimunda que acontece durante um auto de fé, onde a mãe da protagonista é condenada por feitiçaria. A Inquisição, o seu estabelecimento em Portugal, os seus métodos e as perseguições que ecoam no romance são lembrados junto da Igreja de São Domingos."Juntando-se no rossio para ver justiçar a judeus e a cristãos novos, a hereges e a feitiçeiros" ( pág. 52, Linha 14)

      Memorial do convento

      Espaço Físico

      São Sebastião da PedreiraTrata-se de um espaço relacionado com a "passarola voadora". Era um espaço rural, onde existiam várias quintas e palacetes. A abegoaria de São Sebastião da Pedreira é o local de trabalho onde Baltasar encontra emprego como mestre de obras. Para Baltasar, a abegoaria representa a sua luta para se adaptar à sua nova condição de homem aleijado. É também lá que Batasar começa a trabalhar na construção da máquina voadora do Padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão. A abegoaria é ainda um contraponto ao luxo da corte e da igreja , destacando as disparidades sociais da sociedade portuguesa da época ."Vou a São Sebastião da Pedreira ver a minha máquina, queres tu vir comigo?" ( pág.68, linha 23)

        Memorial do convento

        Espaço Físico

        MafraÉ o segundo macroespaço. Até à construção do convento, a vida de Mafra decorria na vila velha e no antigo castelo, próximo da igreja de Santo André. Mafra é um espaço que representa o poder do rei e do clero, é um local de opressão e exploração dos trabalhadores, mas também de resistência e busca por liberdade. Mafra é onde o destino das personagens se entrelaçam e onde buscam significado para as suas vidas .

          Memorial do convento

          Espaço Físico

          Alto da Vela O Alto da Vela é o local escolhido para construir a passarola, uma vez que é um local afastado e discreto. É nesse mesmo local onde realizam testes de voo, colocando a invenção à prova. " Baltazar sete-sois foi vadiar por perto, ao alto da vela, donde se vê toda a vila de Mafra no seu buraco, ao fundo do vale" ( pág.117, linha 10 e 11)Teriam que ter desenvolvido mais os espaços físicos por vós referidos, bem como ter desenvolvido os espaços físicos a que apenas fizeram uma alusão inicialmente, remetendo sempre para a obra e exemplificando

            Memorial do convento

            Espaço Físico

            • Procissão do corpo de Deus: "Vem à frente as bandeiras dos oficios da casa dos vinte e quatro" ( pág.162, linha 18 )
            • Sagração da Basílica: " Então é nesse dia que se fará a sagração da basilia de Mafra" (pág. 321, linha 16 e 17)

              Memorial do convento

              Espaço Social

              Memorial do convento

              Espaço Social

              Lisboa

              Mafra

              Alentejo

              Ambientes

              Casa

              • Ambiente nobre ligado à corte
              • Grandes assimetrias:
                • Corte muito rica
                • Povo muito pobre

              Memorial do convento

              Espaço Social- Lisboa

              Local de acontecimentos sociais, encontro de multidões para atos religiosos, trabalho ou diversão. Alguns dos exemplos são:
              • Autos de fé: "Desceram de São Sebastião da Pedreira ao Rossio para ver o auto de fé" (pág. 102, linha 14 e 15)
              • Procissão da Quaresma: " Vai sair a procissão de penitência. Castigamos a Carne pelo jejum, maceremo-la pelo açoite"
              (pág.30, linha 16 e 17)
              • Procissão do corpo de Deus: "Vem à frente as bandeiras dos oficios da casa dos vinte e quatro" ( pág.162, linha 18 )
              • Sagração da basilica " Então é nesse dia que se fará a sagração da basilia de Mafra" (pág. 321, linha 16 e 17

                Memorial do convento

                Espaço Social

                Em Lisboa, refletem-se as relações sociais, os jogos políticos e de poder, a futilidade, a corrupção, o oportunismo da igreja e a subserviência dos cortesãos, Mas, também a pobreza do povo, o sofrimento, a ignorância, o medo, a sujidade e o gosto pelas atividades sanguinárias como os autos de fé e touradas

                Memorial do convento

                Espaço Social- Lisboa

                • Ambiente de exploração dos mais pobres
                • Destruição das famílias
                • Foco de marginalização

                Memorial do convento

                Espaço Social- Mafra

                Mafra também é um palco significativo para o desfile de outros quadros sociais. É lá que a megalomania do rei ganha mais dimensão. Mas, Mafra representa o esforço desmedido de milhares de trabalhadores que, voluntariamente ou à força, aí se encontram para dar forma ao sonho do rei. Torna-se, por isso, um espaço de sofrimento, de solidão, de escravatura e de morte, mas também de companheirismo, solidariedade, tolerância e amizade entre os trabalhadores. Ex. : Episódio da epopeia da pedra. (Capítulo 19)

                Memorial do convento

                Espaço Social- Mafra

                Espaço de excelência para se conhecer a miséria do povoDa obra e exemplificar

                Memorial do convento

                Espaço Social - Alentejo

                Memorial do convento

                Ambientes

                • Ambiente megalómano do rei e controlo inquisitorial e que contraste com o trabalho duro do povo anónimo

                O luxo e a riqueza não oferecem a felicidade, apenas a disfarçam. O Rei e a Rainha vivem um casamento de aparência, com relações frias e programadas para tentar gerar um herdeiro.

                • O rei tem vários bastardos
                • A rainha vai sonhando com o cunhado

                Memorial do convento

                Ambientes

                Outro dos ambientes está relacionado com o Padre Bartolomeu Lourenço visto por alguns como "louco", Blimunda e Baltasar e o músico Domenico Scarlatti. Todos participam no projeto de construção da Passarola.A Inquisição não vê este projeto com bons olhos.

                Memorial do convento

                Ambientes

                Através de Blimunda "Sete Luas"é explorada a simplicidade da vida popular, a exploração e a miséria do povo,mas também um amor verdadeiro, livre e sem formalismos

                Memorial do convento

                Ambientes

                O ambiente religioso é também um ambiente de corrupção e está associado às situações de imortalidadeHá alguns membros do Clero que se envolvem em encontros amorosos com as freiras, assim como o rei, ou como o frade que tenta violar Blimunda

                Memorial do convento

                Ambientes

                A casa de Blimunda tem apenas um telhado e três paredes inseguras. É onde se amam pela primeira vez e se unem para sempre.Casa de Baltasar, em Mafra, é um espaço de comunhão familiar.Teriam que ter desenvolvido muito mais o espaço social, remetendo sempre para a obra e exeemplificando

                Memorial do convento

                Espaço Social - Casa

                Os recantos da vida íntima de D. João V e da rainha D. Maria Ana, de Blimunda e de Baltasar, constituem o espaço psicológico da obra.A rainha vive triste, descontente e insatisfeita.Blimunda é uma personagem forte, com poderes incomuns.A sua relação com Baltasar é verdadeira.Não sente qualquer culpa por viver com Baltasar sem estar casada.Teriam, forçosamente, que ter desenvolvido muito mais o espaço psicológico, remetendo para a obra e exemplificando

                Memorial do convento

                Espaço Psicológico

                O espaço simbólico da obra pode ser considerado uma metáfora das desigualdades sociais.Há um claro objetivo em realçar:

                • Desigualdades
                • Exploração
                • Crueldade
                O espaço simboliza a ostentação régia, a opressão e a vaidade dos poderosos.Representa o sacrifício dos operários que construíram o monumento, a exploração e a miséria do povo que nele trabalhou.Já a Passarola traduz a harmonia entre o sonho e a sua realização, o desejo de liberdade.Teriam, forçosamente, que ter desenvolvido muito mais o espaço simbólico, remetendo para a obra e exemplificando

                Memorial do convento

                Espaço Simbólico

                Memorial do convento

                Conclusão

                Com o nosso trabalho aprendemos as diferentes noções de espaço e a forma como se relacionam com as personagens. Verificamos que os espaços contrastam enre si. Deste modo, os espaços mais ricos, de maior luxo, como o palácio real de D. João V não é o local onde reina a felicidade.

                Memorial do convento

                Conclusão

                Por outro lado, os ambientes mais pobres, apesar de serem habitados por gente mais sofredora, acabam por ser o local onde há alegria, paz e amor.Recomendamos a leitura desta obra a quem gosta realmente de ler, pois a obra é muito extensa. Contudo, os excertos que lemos deixaram-nos com uma ideia positiva acerca da obra.

                Memorial do convento

                Conclusão

                Sentimos dificuldades na procura de informação para o nosso trabalho, pois tivemos de consultar vários sites para desenvolver o mesmo.Gostamos de elaborar o trabalho, visto que foi bom para adquirirmos conhecimentos sobre a obra. Foi algo difícil ler os excertos, uma vez que o autor não respeita a pontuação a que estamos habituados, precisando de algum tempo para entender as passagens lidas.

                Memorial do convento

                Conclusão

                Como ensinamentos para o futuro desenvolvemos aprendizagens importantes para o nosso progresso na disciplina de Português e que nos permitirão evoluir no nosso percurso académico em geral.

                Memorial do convento

                Pergunta interativa

                https://notapositiva.com/memorial-do-convento-2/#https://www.esqm.pt/documentos/BE/memorial.convento_s%EDntese.pdfhttps://www.studocu.com/pt/document/ensino-medio-portugal/portugues/memorial-do-convento-analise-global/8939337https://notapositiva.com/memorial-do-convento-3/#modalhttps://trabalhador.pt/memorial-do-convento-resumo-da-obra-de-jose-saramago/

                WebGrafia

                Obrigado pela atenção!! :)