Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Ilha de São Miguel

É a maior ilha do arquipélago dos Açores e está localizada no Oceano Atlântico.

A vegetação atual corresponde predominantemente a zonas agricultadas, a pastagens e a matas; só raramente diz respeito a vegetação climax, a qual, aliás, já não compreende todas as comunidades naturais que foram encontradas na ilha. A vegetação distribui-se, pois, pelas seguintes formações principais: culturas, prados, matas de criptoméria, formação arbóreo-arbustiva de «incenso» e o «mato» (a única formação natural que resta na ilha).

A ilha de São Miguel é a ilha mais populosas dos Açores, representando cerca de metade da população da restantes ilhas, tendo cerca de 131 609 população residente.

A ilha é de natureza vulcânica, sujeita a atividade sísmica e apresenta um relevo montanhoso, sobretudo no seu interior, dominado pelo pico da vara, sendo recortada por vales, grotas e ribeiras.

Clima:

- O clima da Ilha de São Miguel é temperado oceânico; - O mês mais seco tem uma diferença de precipitação de 74 mm em relação ao mês mais chuvoso. Ao longo do ano as temperaturas médias variam 10.8 °C; - O mês mais seco é Julho e tem 2 mm de precipitação. O mês de Dezembro é o mês de maior precipitação, apresentando uma média de 76 mm.

Os recursos hídricos são um caso diferente nas ilhas, não existem rios, ficando os recursos hídricos reduzidos a ribeiras, riachos, lagoas, algumas formadas em antigos vulcões que agora são simples cavidades vulcânicas. Mesmo para as mais diferentes utilizações destes, 97% destas são feitas através da água subterrânea. Não podemos esquecer do oceano atlântico que rodeia a ilha, embora seja de água salgada, é um considerado um recurso hídrico.

Hidrografia:

- Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha;

Pontos turisticos:

- Parque Terra Nostra;

Info

Info

Este jardim botânico foi construído no séc. XVIII/XIX e é um dos sítios mais populares da Ilha de São Miguel, visitado por locais e estrangeiros atraídos pelos banhos da piscina geotermal, devido aos magníficos cenários e pela variedade e riqueza da vegetação exótica. O Parque divide-se em duas zonas: a parte alta, ocupada pelas alamedas e bosques mais densos, e a zona baixa entre os cursos da Ribeira Amarela e a Serpentina de água, onde se podem encontrar passeios, relvados, tanques e fontes. O parque tem ainda um piscina termal de água férrea, de cor acastanhada e temperatura a rondar os 25º C.

O Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha é uma estrutura vocacionada para a promoção do património natural da área classificada como Monumento Natural da Caldeira Velha. O edifício tem, entre outras valências, a função primordial de divulgar os intrínsecos valores ambientais, permitindo ao visitante descobrir as especificidades deste local de interesse, tornando-o um espaço complementar de educação informal, ao mesmo tempo que oferece uma vasta rede de recursos e promove uma componente turística. No Monumento Natural é possível ainda desfrutar de quatro poças termais.