Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

BEYONCÉ

Horizontal infographics

ALEX MORGAN

Horizontal infographics

GOOGLE - SEARCH TIPS

Horizontal infographics

OSCAR WILDE

Horizontal infographics

NORMANDY 1944

Horizontal infographics

Transcript

Leituras com Pes para @ndar

80%

Lorem ipsum dolor sit amet

Escolhe aqui o livro que queres ler!

Interculturalidade

Ensaio sobre a cegueira

José Saramgo

A Negrinha

Moneiro Lobato

As Serviçais

Kathryn Stockett

alexandra barroso; Alice Sousa; Cristina pinho, cristina pureza, fátima fernandes

Um homem fica cego, inexplicavelmente, quando se encontra no seu carro no meio do trânsito. A cegueira alastra como «um rastilho de pólvora». Uma cegueira coletiva. Romance contundente. Saramago a ver mais longe. Personagens sem nome. Um mundo com as contradições da espécie humana. Não se situa em nenhum tempo específico. É um tempo que pode ser ontem, hoje ou amanhã. As ideias a virem ao de cima, sempre na escrita de Saramago. A alegoria. O poder da palavra a abrir os olhos, face ao risco de uma situação terminal generalizada. A arte da escrita ao serviço da preocupação cívica.

Skeeter tem vinte e dois anos e acabou de regressar da universidade a Jackson, Mississippi. Estamos em 1962, e a sua mãe só irá descansar quando a filha tiver uma aliança no dedo. Aibileen é uma criada negra, uma mulher sábia que viu crescer dezassete crianças. Quando o seu próprio filho morre num acidente, algo se quebra dentro dela. Minny, a melhor amiga de Aibileen, é provavelmente a mulher com a língua mais afiada do Mississippi. Cozinha divinamente, mas tem sérias dificuldades em manter o emprego... até ao momento em que encontra uma senhora nova na cidade. Estas três personagens extraordinárias irão cruzar-se e iniciar um projecto que mudará a sua cidade e as vidas de todas as mulheres, criadas e senhoras, que habitam Jackson. São as suas vozes que nos contam esta história inesquecível cheia de humor, esperança e tristeza.

Negrinha é uma menina de sete anos, órfã. Sua mãe era escrava e ela nasceu no meio da senzala. Descrita como uma mulatinha escura, de olhos assustados e cabelos loiros, nos primeiros anos de vida escondia-se da patroa entre os cantos sombrios da cozinha, no meio dos retalhos imundos. Dona Inácia, senhora da casa grande, é uma viúva sem filhos. Por esse motivo não tolera crianças a chorar. Depois da morte da mãe, Negrinha passou a ser cuidada pela própria dona da fazenda. (…) Porém, insatisfeita com a abolição da escravatura, Dona Inácia permanecia com a menina apenas para atender seus atos de brutalidade. Aplicava os mais variados tipos de castigos e maus tratos. Desde insultos até agressões físicas. A satisfação em torturar Negrinha era tanta, que Dona Inácia se deliciava com um breve vislumbre de poder empregar qualquer punição à menina. O prazer da senhora era tanto em agredir Negrinha, que a menina tinha pelo corpo vergões, cicatrizes e sinais de maus tratos. (…) Depois de conhecer uma vida diferente, vislumbrar uma faceta que ela nunca havia explorado, Negrinha cai numa terrível tristeza e morre sozinha, abandonada sobre uma esteirinha, sonhando com as bonecas louras e anjos. Apenas duas lembranças sobraram da pequena menina que um dia descobriu o que era ser criança: a recordação das sobrinhas de Dona Inácia de uma menina bobinha que nunca tinha visto uma boneca e a saudade da velha senhora que perdeu seu brinquedo particular em quem podia descarregar bons croques.

  • Visit the Analytics settings;
  • Activate user tracking;
  • Let the communication flow!

Use this space to add awesome interactivity. Include text, images, videos, tables, PDFs... even interactive questions!Premium tip: Get information on how your audience interacts with your creation:

Got an idea?

Here you can include a relevant fact to highlight

Here you can include a relevant fact to highlight

  • Visit the Analytics settings;
  • Activate user tracking;
  • Let the communication flow!

Use this space to add awesome interactivity. Include text, images, videos, tables, PDFs... even interactive questions!Premium tip: Get information on how your audience interacts with your creation:

Got an idea?

Here you can include a relevant fact to highlight

Here you can include a relevant fact to highlight

  • Visit the Analytics settings;
  • Activate user tracking;
  • Let the communication flow!

Use this space to add awesome interactivity. Include text, images, videos, tables, PDFs... even interactive questions!Premium tip: Get information on how your audience interacts with your creation:

Got an idea?

Here you can include a relevant fact to highlight

Here you can include a relevant fact to highlight

  • Visit the Analytics settings;
  • Activate user tracking;
  • Let the communication flow!

Use this space to add awesome interactivity. Include text, images, videos, tables, PDFs... even interactive questions!Premium tip: Get information on how your audience interacts with your creation:

Got an idea?

Here you can include a relevant fact to highlight

Here you can include a relevant fact to highlight