Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Vamos Falar sobre Literatura

No dia 4 de abril , tivemos a visita de duas ex-alunas da ESGN, Érica Rodrigues e Diana Rodrigues, neste momento a frequentar uma Licenciatura em Literatura, na Universidade do Porto, que, a convite da professora Amélia Poças, vieram falar de livros e Literatura aos alunos do 7° J.

Como fazer uma boa apresentação de uma obra?

Após discussão foram estas as conclusões:

Foi o primeiro ponto abordado com a turma!

1 - Introduzir o livro que pretendemos apresentar. 2 - Falar sobre o autor. 3- Elaborar um pequeno resumo do livro... e, por último, apresentar uma boa crítica sobre a obra!

Como ajudar o colega com dificuldades?

Clica na imagem para descobrires

Foi outra das questões abordadas!

E toda a turma concentrada...

No Instagram

Apresentaram-nos alguns dos seus autores e livros preferidos!

Instagram do autor

https://www.instagram.com/filipe.santos.escritor/

Biografia do autor

"Nasceu a 27 de dezembro de 1989, em Viseu. Desde novo tem uma grande paixão pela escrita, pelos seus mundos que só ele conhece tão bem e quer partilhar com o mundo. Talvez abençoado, ou amaldiçoado, floresceu sonhador, vive entre palavras com imagens, texturas e aromas e se transforma em mil e uma formas e cores. Licenciado em Design Gráfico, com os seus vinte e nove anos, vive entre a caneta e o pincel, entre letras e ilustrações. Estreia-se com "Lago", o seu primeiro romance, envolto numa aura mística e fantástica, onde leva o leitor a uma nova experiência, um novo mundo, um dos seus vários mundos." in Cidades Floridas de Filipe Santos - Livro - WOOK

Filipe Santos e o romance Cidades Floridas

"Cidades Floridas é uma obra fantástica que nos leva numa viagem, na busca incessante de Luzia pelo seu caminho, o seu destino.Luzia é uma jovem órfã, que vive em Lírio, cidade dos homens, e que depois de anos escondida nos esgotos da cidade decide fugir, na busca do seu lar, de um lugar que possa chamar casa e quem sabe saber mais sobra a sua mãe.Em conflitos com o mundo que a rodeia, e consigo mesma, ela vai conhecendo cidades, filosofias e pessoas que vão mudar o seu rumo, e a sua personalidade.Esta obra traz problemas reais, da nossa sociedade, em união com um mundo fantástico, levando o leitor a viajar entre sensações, momentos e facilmente se identificar com a personagem." in https://www.wook.pt/livro/cidades-floridas-filipe-santos/27259725

Apresentaram-nos alguns dos seus autores e livros preferidos!

As Aventuras de Huckleberry Finn e As Aventuras de Tom Sawyer

Biografia do autor

Mark Twain (1835-1910) foi batizado como Samuel Langhorne Clemens, mas esse nome ficaria para sempre na sombra do seu pseudónimo. Filho de um advogado severo, terá sido a mãe a despertar-lhe o sentido de humor. Se não há dúvida de que a sua obra é variada, mais curioso será notar que a sua vida profissional o foi mais ainda. Twain começou por trabalhar como aprendiz de tipógrafo, em 1848, e alguns anos mais tarde já contribuía com artigos e histórias humorísticas para o jornal de um irmão. Mais velho, numa viagem pelo Mississípi a bordo de um barco a vapor, terá ficado fascinado com o trabalho do piloto, e dedicou dois anos da sua vida à aprendizagem deste ofício. Uma das muitas viagens da sua vida levou-o, algum tempo depois, a uma mina de prata no Nevada, onde tentou ser mineiro, sem grande sucesso. Em contrapartida, encontrou trabalho no jornal da zona. Foi aqui que, da pena de Samuel Clemens, então com 27 anos, nasceu Mark Twain. É autor de A Viagem dos Inocentes (Tinta-da-china, 2010) e de duas obras a que é invariavelmente associado: As Aventuras de Tom Sawyer (1876) e As Aventuras de Huckleberry Finn (1884).in https://www.portoeditora.pt/autor/mark-twain/6643

"Há um rapaz que só se mete em sarilhos, odeia as segundas-feiras, a escola e a catequese; quer ser pirata, ladrão e assaltar casas assombradas! Esse rapaz chama-se Tom Sawyer e, se leres as suas histórias, verás como, no fundo, apesar da matreirice, é um jovem muito corajoso e com um coração de ouro. Descobre ainda o que Huckleberry Finn, o seu melhor amigo, tem a dizer sobre as aventuras da sua quadrilha.A coleção #Clássicos reúne as mais fantásticas obras da literatura juvenil e apresenta um momento em que os heróis e as heroínas falam dos livros uns dos outros. Numa linguagem deliciosa e com ilustrações surpreendentes, estas histórias são absolutamente irresistíveis! " in https://www.portoeditora.pt/produtos/ficha/as-aventuras-de-tom-sawyer/23936156

"Tu não me conheces, a não ser que tenhas lido um livro chamado As Aventuras de Tom Sawyer, mas isso não interessa. Esse livro foi escrito pelo Mr. Mark Twain, e ele disse a verdade, quase sempre. Exagerou umas coisas, mas quase sempre disse a verdade. Nada de mais."Assim começa a viagem do Huck pelo vale do Mississípi, repleta de beleza e liberdade! in https://www.portoeditora.pt/produtos/ficha/as-aventuras-de-huckleberry-finn/23166537

Apresentaram-nos alguns dos seus autores e livros preferidos!

"Vi mudou-se para Arden High para um novo começo e uma oportunidade de usar gorros e camisas em vez de uniformes com saias. E, embora fazê-lo sem o seu irmão gémeo seja como se estivesse a ser dividida ao meio, Vi encontra o seu passo quando tropeça (literalmente!) no bonito e chocante poeta-barra-influencer Orsino.A partir desse momento, Vi é obrigada a ajudar a planear o baile da Noite de Reis, e não consegue parar de sonhar em dançar com Orsino sob as luzes de fadas no ginásio. O problema? Todos os novos amigos de Vi assumem que ela nem sequer gosta de rapazes. E antes que ela possa convidar Orsino para o baile, ele recruta-a para ajudar a conquistar a sua paixão, Olivia. Que também está apaixonada... pela Vi." in https://www.wook.pt/livro/noite-de-reis-molly-booth/27831769

Realizaram quizzes sobre os livros e autores apresentados!E ainda houve tempo para falar de poesia. Sobre António Gedeão e o seu poema Lágrima de preta, que só alguns conheciam, mas todos adoraram!

António Gedeão Biografia

Lágrima de Preta

Já no final, Érica e Diana convidaram os alunos a completar o Poema do Fecho Éclair, de António Gedeão.Foi um momento muito divertido! Todos adoraram!

Clica, aqui, para veres a noticia sobre esta atividade no Instagram da BE-ESGN

Dois livros existentes na BE- ESGN que a Érica e a Diana vos recomendam a LER!

"O Tigre Branco arrebatou por unanimidade o Man Prémio Booker Prize de 2008, um dos mais prestigiados galardões literários a nível mundial. Ainda antes da sua nomeação para o prémio, O Tigre Branco era já apontado como um dos melhores romances do ano e Aravinda Adiga como uma grande revelação e um extraordinário romancista. A shortlist para o Booker era composta por candidatos muito fortes, muito embora O Tigre Branco tenha conquistado o júri a uma só voz. Romance de estreia, entrou de imediato nas preferências dos críticos, que o classificaram como "uma estreia brilhante e extraordinária". O livro revela uma Índia ainda muito pouco explorada pela ficção, a Índia negra, violenta e exuberante das desigualdades socioculturais. Toda a obra é uma longa carta dirigida ao Primeiro-Ministro chinês, escrita ao longo de sete noites. O autor da carta apresenta-se como o tigre branco do título, e auto-denomina-se um "empreendedor social". Descrevendo a sua notável ascensão de pobre aldeão a empresário e empreendedor social, o autor da carta, Balram, acaba por fazer uma denúncia mordaz das injustiças e peculiaridades da sociedade indiana. Fica assim feito o retrato de uma sociedade brutal, impiedosa, em que as injustiças se perpetuam geração após geração, como uma ladainha que se entoa incessantemente ao ritmo de uma roda de orações. São muito poucos os animais que conseguem abrir um buraco na vedação e escapar ao destino do cárcere eterno. O Tigre Branco é um deles." in O Tigre Branco, Aravind Adiga - Livro - BertrandO Tigre Branco arrebatou por unanimidade o Man Prémio Booker Prize de 2008, um dos mais prestigiados galardões literários a nível mundial. Ainda...Bertrand

«Reescrevendo, pois, as conhecidas cartas seiscentistas da freira portuguesa, Novas Cartas Portuguesas afirma-se como um libelo contra a ideologia vigente no período pré-25 de Abril (denunciando a guerra colonial, o sistema judicial, a emigração, a violência, a situação das mulheres), revestindo-se de uma invulgar originalidade e actualidade, do ponto de vista literário e social. Comprova-o o facto de poder ser hoje lido à luz das mais recentes teorias feministas (ou emergentes dos Estudos Feministas, como a teoria queer), uma vez que resiste à catalogação ao desmantelar as fronteiras entre os géneros narrativo, poético e epistolar, empurrando os limites até pontos de fusão.» Ana Luísa Amaral in «Breve Introdução» in https://www.amazon.es/Novas-Cartas-Portuguesas-Edi%C3%A7%C3%A3o-Anotada-ebook/dp/B009ATGK42 Novas Cartas Portuguesas - Edição Anotada (Portuguese Edition)"Reescrevendo, pois, as conhecidas cartas seiscentistas da freira portuguesa, Novas Cartas Portuguesas afirma-se como um libelo contra a ideologia...Amazon

Vamos Falar sobre Literatura

No final, a professora Amélia Poças agradeceu em nome de todos! Foram momentos fantásticos, todos adoraram! Obrigada, Érica Rodrigues e Diana Rodrigues.

Apresentação elaborada pela professora bibliotecária Maria Carlos Lobo