Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Ação de Formação Prática cidadão do aluno através da arte dentro e fora da sala de aula

20 de junho de 2024

Eunice Carriço

como ferramenta num projeto de Arte e Ciência

Diário Gráfico

A existencia de espaços verdes tem reflexos positivos no conforto térmico humano, contribuindo para cidades mais saudáveis e resilientes.

São preciso 50 metros quadrados de verde para fazer a temperatura descer 1ºC.

O Quê? Porquê?

29%

território em lisboa que possui elevada/média densidade populacional e pouca arborização

Alterações climáticas

Ordenamentodo território/impacto da urbanização

Diminuição da biodiversidade

Introdução de espécies exóticas

Falta de coberto arbóreo

História do espaço urbano

• Caracterização de ecossistemas • Fatores abióticos e sua influência nos ecossistemas • Interações e tipos de relações bióticas • Relações bióticas e sua influência nos ecossistemas • Ação humana / interferência nos ecossistemas

Tema: Sustentabilidade na Terra (Ciências Naturais, 8º ano de escolaridade)

Conteúdos Programáticos

- Identificar a biodiversidade arbórea presente num meio urbano. - Compreender a importância da preservação ambiental em meio urbano. - Relacionar as manchas verdes com o bem-estar da população residente em áreas urbanas.

Tomar consciência do impacto da intervenção humana na Terra e da necessidade de adoção de comportamentos de cidadania ativa e justa, coerentes com um desenvolvimento sustentável.

Objetivos

objetivo geral

objetivos específicos

https://dge.mec.pt/sites/default/files/Curriculo/Projeto_Autonomia_e_Flexibilidade/perfil_dos_alunos.pdf

Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória

- Selecionar e organizar informação, a partir de fontes diversas e de forma cada vez mais autónoma, valorizando a utilização de tecnologias digitais e integrando saberes prévios para construir novos conhecimentos. - Construir explicações científicas baseadas em conceitos e evidências, obtidas através da realização de atividades práticas diversificadas – laboratoriais, experimentais, de campo – e planeadas para procurar responder a problemas formulados. - Construir modelos que permitam a representação e o estudo de estruturas, de sistemas e das suas transformações. - Reconhecer que a ciência é uma atividade humana com objetivos, procedimentos próprios, através da exploração de acontecimentos, atuais e/ou históricos, que documentam a sua natureza. - Aplicar as competências desenvolvidas em problemáticas atuais e em novos contextos. - Formular e comunicar opiniões críticas, cientificamente fundamentadas e relacionadas com a CTSA. - Articular saberes de diferentes disciplinas para aprofundar temáticas abordadas em Ciências Naturais.

Aprendizagens Essenciais Transversais

Discutir medidas que diminuam os impactes das catástrofes de origem natural e de origem antrópica nos ecossistemas, em geral, e nos ecossistemas da zona envolvente da escola, em particular.

Analisar criticamente os impactes ambientais, sociais e éticos de casos de desenvolvimento científico e tecnológico no desenvolvimento sustentável e na melhoria da qualidade de vida das populações humanas.

Relacionar o papel dos instrumentos de ordenamento e gestão do território com a proteção e a conservação da Natureza.

Discutir causas e consequências da alteração dos ecossistemas, justificando a importância do equilíbrio dinâmico dos ecossistemas e do modo como a sua gestão pode contribuir para alcançar as metas de um desenvolvimento sustentável. Discutir opções para a conservação dos ecossistemas e o seu contributo para as necessidades humanas, bem como a importância da ciência e da tecnologia na sua conservação.

Caracterizar um ecossistema na zona envolvente da escola (níveis de organização biológica, biodiversidade) a partir de dados recolhidos no campo.

Operacionalização das Aprendizagens Essenciais

Geografia
Educação Especial

Interdisciplinariedade

Cidadania
Fisico-química
Educação Visual
Português
Matemática

Ciências Naturais

Quem?Com Quem?

Alunos

- História dos locais- Alterações no oredenamento do território- Medidas implementadas- Possível intervenção pós projeto- Avaliadores

- Levantamento de necessidades e/ou perceções sobre o território- Avaliadores

Quem?Com Quem?

- Trabalho de campo individual - Trabalho em grupos de 4 na organização dos resultados individuais- Coordenador de turma para organizar os grupos

Pessoal não docente

Entidades locais

Professores

- Levantamento de necessidades/perceções sobre o território- Montagem da exposição- Avaliadores

Pais/EE

OrientadoresModeradoresMediadoresCoordenadoresAvaliadores

Onde?

  • 1 tempo/hora
  • 1 semana
  • 4 semanas
  • Ao longo das 6 semanas
  • 6 semanas
  • 1 tempo/horas
  • 4 tempos/horas

Avaliação intermédia/feedback

Monitorização do trabalho de campo/feedback

Trabalho de campo

Planificação/organização da atividade

Divulgação dos produtos/resultados e recolha de opiniões

Quando?

2.º período

3.º período

Elaboração e término dos produtos/resultados

Avaliação final/feedback

+info

+info

Planificação/organização da atividade

Como?

https://estudoemcasaapoia.dge.mec.pt/recurso/diario-grafico

É tanto um recurso como uma obra em si mesmo. É um objeto importante e indispensável a todos aqueles cujo percurso passa pelas Artes Visuais, mas não só, porque desenhar é para todos.

É um pequeno caderno com folhas em branco que nos pode acompanhar para todo o lado, onde se registam ideias e pensamentos, através do desenho, pinturas, colagens.

Diário Gráfico - definição

Decalques
Folhas
Recortes
Fotografias
Desenhos/pinturas
Apontamentos

Diário Gráfico - o que introduzir (exemplos)

Partes de uma Árvore

COPA- Forma- Cor/alteração da cor- Tipo/número de ramos- Folhas: tipo, incersão, cor,..- Frupo: tipo, cor,...- Flôr: presença/ausência, tipo, estrutura, cor,...

TRONCO- Forma- Cor/alteração da cor- Ritidoma: cor, forma, alterações,...

RAÍZ- Superficiais: forma, cor,...- Subterrâneas

Como?

Mural físico

Exposição física dos diários gráficos

publicações online

Divulgação dos Resultados

Exposição virtual dos diários gráficos

Como?

No fim da atividade
Durante a atividade

Monotorização, Reflexão e Avaliação(autoavaliação, interpares, comunidade)

  • "Post it" regulares (1/semana) com as recolhas do trabalho de campo - Padlet
  • Análise dos comentários no site
  • Assembleias de alunos/comunidade (1/período)
  • Partilhas de 30 segundos nas aulas
  • Grelas de avaliação (avaliação qualitativa)
  • Livro de opiniões (exposição física)
  • Comentários (exposição virtual)
  • Questionário no Google Forms
  • Grelhas de avalição (avaliação quantitativa)

Obrigada!

Trabalho de Campo

A analisar a intervenção e influência humana sobre o local e determinar a sua relação com qualidade do clima/espaço urbano.Lançar cada registo (ou conjunto de registos) na plataforma Padlet, ficando visível a todos os elementos da turma e docente, permitindo a monitorização de todos os trabalhos, troca de informações e discussão.

Como?

Recolher informação e inclui-la no Diário Gráfico.Recorrer à aplicação de georreferenciação QGIS.

Jornais da escola e locaisSites da escola e locaisRedes sociaisSite do projeto

Planificação/Organização da Atividade

- Abordagem dos conteúdos programáticos necessários à compreensão do tema, com a exploração em sala de aula de pequenos filmes e imagens.- Indicação dos objetivos da atividade e da metodologia que os alunos devem seguir, incluindo:| a organização dos grupos de trabalho;| os contactos e articulação com a comunidade educativa;| o material necessário;| a cronologia;| a apresentação dos resultados;| os critérios de avaliação. - Breve exploração dos instrumentos online (plataformas e sites) a utilizar durante a atividade.

Como?