Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

Transcript

plano de intervenção para os Visitantes de um Utente Infetado com MRSA

Plano

Objetivo

Ações

Monitorização e Reajustes

Trabalho realizado por:Ágata Silva, Matilde Fernandes, Elaine FernandesTurma 1ºAS8Disciplina: FT2Professora: Isabel Henriques

Monitorização e Reajustes

Contribua para prevenir a infeçãoEm Portugal os casos de MRSA aconteceu uma diminuição

  • Para haver menos casos de MRSA o essencial é a lavagem das mãos o que contribui também diminuir a resistência aos antibióticos .
As visitas estão em risco?
  • O MRSA normalmente não infeta pessoas que estão consideravelmente saudáveis, até os dias atuais também sabe que não é agressivo para as gravidas, idosos e crianças porém pode ser um problema para pessoas que possui doenças crônicas.

O que o hospital faz quando tem um doente com suspeita de MRSA?

  • Analise especifica através de uma zaragatoa nasal/ ou de ferida, logo após isso é isolar o paciente.
O que os visitantes devem usar?
  • Higienização das mãos
  • bata/avental
  • máscara.
Após a alta que cuidados devem ter? Após o utente receber alta a equipa médica que vai recomendar os passos que o utente devem realizar.

Objetivos do plano de intervenção

Este plano segue as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) em Portugal e visa estabelecer medidas eficazes para a prevenção e controle de surtos de MRSA dentro de hospitais.

Objetivos

  1. Reduzir a disseminação do MRSA entre pacientes e profissionais de saúde.
Implementar medidas rigorosas para prevenir a transmissão de MRSA, incluir a triagem dos utentes, o isolamento dos casos identificados, reforço da higiene das mãos, e uso adequado dos equipamentos de proteção individual (EPI). 2. Minimizar o impacto clínico e a morbidade associada ao MRSA.Proporcionar um tratamento adequado e eficaz aos pacientes infectados com MRSA, utilizando antibióticos apropriados e considerando a descolonização quando necessário. Além disso, o plano busca reduzir as complicações e a gravidade das infecções, melhorando os resultados clínicos e a qualidade de vida dos pacientes afetados.

Ações do Plano de Intervenção

Medidas a ser tomadas antes da visita:

  • Informar os visitantes sobre o que é o MRSA;
  • Lavagem das mãos com SABA;
  • Máscaras faciais;
  • Batas/avental;
  • Luvas;
  • Nível dos EPIs: Os visitantes devem usar EPI de nível 2, que inclui luvas, aventais descartáveis e, em alguns casos, máscaras, especialmente se houver risco de contato direto
Pós visita, o que fazer?
  • Um profissional da saúde irá dar uma assitência ao visitante ou até mesmo demonstrar como retira-se os EPI.

Plano de intervenção

No contexto das infeções hospitalares, o Staphylococcus aureus resistente à meticilina, mais conhecida como MRSA. Este plano serve para orientar os visitantes de utentes infetados com MRSA, com o objetivo de minimizar a disseminação da bactéria e proteger tanto os visitantes quanto os outros utentes e profissionais de saúde.

Monitorização e Reajustes

Poster da lavagem das mãos: https://www.canva.com/design/DAGB0FfpkIw/7p0iQ-lyt68c3sqX8uYoQw/view?utm_content=DAGB0FfpkIw&utm_campaign=designshare&utm_medium=link&utm_source=viewer