Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

RevolUÇÃO FRANCESA

Start

Trabalho realizado por: Francisca Fonseca, nº9, 8ºDDisciplina: históriaProfessora: Ana Batalha

INDICE

A Revolução francesa: o ambiente pré-revolucionário.

Dos estados gerais à assembuleia naconal constituinte

Da monarquia constitucional à republica

A républica popular à repúlica burguesa.

O consulado ao imperio.

As conquista da Revolução francesa.

A revolução francesa: o ambiente pré- revolucionário

A Revolução Francesa teve vários motivos para o seu começo, como por exemplo:

  • crise económica- devido a maus anos agricolas o preço dos cereais aumentou, e resultou em épocas de fome e miséria.
  • crise financeira- o rei Luis XVI e a sua corte gastavam grandes quantias para conseguir sustentar os seus previlégios e ainda a Guerra dos Sete anos e o auxílio às colónias inglesas pesaram na economia do país.
  • crise social- o terceiro estado esta descontente, porque não tinha direitos nenhuns, só tinham que pagar impostos e rendas ao clero e à nobreza.
  • crise politica- os filósofos iluministas começaram a criticar o absolutismo régio, oque incentivou o desejo de pôr dim à monarquia absoluta.

Dos estados gerais à assembleia nacional constituite

Em 4 de maio de1789, na França, os Estados Gerais foram convocados para resolver a crise financeira. O Terceiro Estado exigiu uma votação individual, que foi recusada, cansados da injustiça, declararam que ia criam uma nova constituição. Eles então formaram a Assembleia Nacional Constituinte. O rei não gostou dessa constituição e enviou tropas de Paris para reporem a ordem, oque gerou uma revolta no povo. A 14 de julho de 1789, o povo assaltou a prisão-fortaleza da Balestilha, onde se encontravam os presos politicos,opositores do absolutismo.A Assembleia Nacional Constituinte defendia a igualdade de todos os cidadãos perante a lei.

Após a elaboração da constituição, a França deu inicio a uma monarquia constitucional, onde o rei governava como os principios constitucionais. No entanto, o periodo foi marcado pelo descontentamento social,como os elementos mais extremistas, os sans-culottes, com o povo não satisfeito e a enfrentar uma crise economica. Em 1792, após a tentativa da fuga do rei Luis XVI e a declaração de guerra contra Austria e a Prússia, a assembleia divulgou o sufrágio universal, que era o direito a voto a homens que pagassem impostos, marcando o fim da monarquia constitucional e a instauração da república.

Da monarquia constitucional à república

Da República popular à República burguesa

A Républica começou como uma Républica popular, representada pelos Girondios, que eram mais modernos, e pelos Jacobinos, que eram mais radicais. Os Jacobinos acusaram o rei de traição e condenaram-o à morte na guilhetina, e ganharam o titulo "Periodo do terror" liderado por Robespierre. Com a morte dos Jacobinos em 1795, a República burguesa foi iniciada. Foi colocada uma nova Constituição, criando o Diretório, um poder executivo composto por cinco diretores. Este periodo foi marcado por instabilidade política e conspirações, até que Napoleão Bonaparte apareceu como um líder militar.

Do consulado ao império

Em 1799, Napoleão Bonaparte tomou o poder através de um golpe de Estado, instaurando -se o Consulado. Inicialmente, dividiu o poder em dois cônsules, mas, progressivamente, concentou em si todos os poderes, tornando-se cônsul vitalício, em 1802. Apartir de 1804, tornou-se imperador , dando inicio ao Grande Império, uma monarquia imperial. As vitórias militares e a ambição de Napoleão de conquistar a Europa levaram à criação do Bloqueio Continental, em 1806, que proibia o comércio entre os países europues e a Inglaterra. Contudo, a derrota de Napoleão na batalha de Waterloo, em 1815, marcou o fim das conquistas francesas. Entre 1814 e 1815, no Congresso de Viena, foi assinado o Tratado de Paris, onde a França perdeu todos os territóris conquistados por Napoleão.

As conquistas da Revolução Francesa

Influenciada pelas ideias iluministas e pela independência dos Estados Unidos, a Revolucão Francesa foi um marco na história da humanidade. Ela fez triunfar os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, princípios que ainda hoje são conhecidos globalmente. A revolução pôs fim à sociedade do Antigo regime, deitando a abaixo privilégios do clero e da nobreza e direitos feudrais. No campo político, destacou-se a separação de poderes, no campo econômico, o libertismo econômico e, a nivel idealógico, a liberdade de expressão e de pensamento, além da igualdade de todos os cidadãos perante a lei. A Revolução Francesa marcou a mudança da Idade Moderna para a idade Contemporânea e tambem influenciou outras revoluções liberais na Europa.