Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Trabalho realizado por: Miguel Loureiro N.º 19Tiago Ferreira N.º 27Joana Fonseca N.º 30Vasco Augusto N.º 31

Aplicação da poupança

Trabalho de economia da turma 10.º I

Play

Introdução

Noção e importância da poupança

Depósitos Bancários

Vantagens e inconvenientes de efetuar aplicações financeiras em Depósitos a Prazo

Remuneração dos depósitos a prazo

Caso Prático

Depósitos à ordem

Depósitos a prazo

Bibliografia

Indíce

Neste trabalho, inicialmente discutiremos a importância de poupar, os depósitos bancárias tais como, o depósito à ordem e o depósito a prazo. Em relação ao depósito a prazo, falaremos sobre a sua renumeração. Em seguida, aprofundaremos a análise no contexto da poupança, explorando várias formas de aplicar esse valor (250 000€).

Introdução

A poupança é a parte do rendimento disponível que não é gasta em consumo, ou seja, é a diferença entre o rendimento total que um indivíduo ou uma economia recebe e o total das despesas de consumo.

Noção e Importância dade Poupança

Info

Noção de Poupança

Poupança = Rendimento Disponível - Consumo

Por isso, para conseguirmos atingir nossos objetivos e, se necessário, lidar com imprevistos usando nosso Fundo de Emergência, devemos começar a ver a poupança como uma despesa essencial, tão importante quanto qualquer outra, tornando-a a nossa prioridade no início de cada mês.

Um dos principais ensinamentos sobre segurança financeira destaca a importância de criar uma poupança. Reservar dinheiro serve, acima de tudo, como uma garantia de flexibilidade e ampliação das opções disponíveis diante de diversas situações. A poupança proporciona flexibilidade financeira, estabilidade e tranquilidade para o futuro. Ao longo do ciclo de vida, o padrão de poupança muda conforme o rendimento disponível e as necessidades ou objetivos em cada fase

Importância da poupança

Depósitos Bancários

Um depósito bancário é quando alguém entrega fundos a uma instituição financeira, que concorda em devolver o montante depositado de acordo com as condições acordadas. Em alguns casos, a instituição também pode pagar uma remuneração ao depositante, geralmente na forma de juros.

Depósitos à Ordem

O Depósito à Ordem é uma conta bancária que oferece acesso imediato aos fundos depositados, sendo a escolha preferida para aqueles que valorizam a disponibilidade imediata do dinheiro para despesas diárias ou inesperadas. Embora permita levantamentos e transferências a qualquer momento, as taxas de juro tendem a ser baixas ou nulas, limitando o retorno financeiro. Para maximizar ganhos por juros, outras opções, como Depósitos a Prazo, podem ser mais vantajosas. A flexibilidade do Depósito à Ordem pode levar a gastos impulsivos, dificultando o alcance de metas financeiras a longo prazo. Para uma poupança e investimento disciplinados, um Depósito a Prazo pode ser mais adequado.

Um depósito a prazo é um produto bancário em que o cliente entrega fundos a uma instituição de crédito, que se compromete a devolver esses fundos ao final do período acordado, além de pagar uma remuneração chamada juros. Os clientes que investem sua poupança em depósitos a prazo não correm o risco de perder o dinheiro aplicado, pois a instituição de crédito deve garantir o reembolso dos fundos na data de vencimento do depósito ou na data estipulada para mobilização antecipada, conforme o contrato. Em caso de insolvência da instituição de crédito, os depósitos estão protegidos pelo Fundo de Garantia de Depósitos, que cobre até 100.000 euros por depositante e por instituição.

O Depósito a Prazo oferece uma abordagem estruturada à poupança, proporcionando taxas de juro mais atrativas do que o Depósito à Ordem, devido ao compromisso de manter os fundos por um período específico. Para investidores mais conservadores, que valorizam a garantia de capital, esta opção pode ser interessante, mesmo que sacrifique parte da flexibilidade de acesso aos fundos. Alguns Depósitos a Prazo não permitem mobilização antecipada. Além disso, é uma solução atraente para proteger o capital contra as flutuações do mercado.

Depósitos a Prazo

+INFO

Os depósitos a prazo são uma opção segura de investimento, adequada para quem busca segurança. Contudo, como qualquer investimento, possuem vantagens e desvantagens.

Vantagens e inconvinientes de efetuar aplicações financeiras em depósitos a prazo

Se o depósito a prazo assegurar a capitalização de juros, é importante calcular a Taxa Anual Efetiva (TAE). A capitalização dos juros pode ocorrer automaticamente na data de pagamento do juro corrido (Juro correspondente a um determinado período de tempo, que ainda não foi recebido ou pago). Mas a capitalização dos juros pode ser uma opção do cliente bancário. Em qualquer um dos casos, a opção escolhida pelo cliente deve constar do contrato de depósito.

A comparação entre a remuneração de diferentes depósitos a prazo, a taxa fixa e para o mesmo prazo e idênticas condições de mobilização antecipada, deve ser feita com base na Taxa Anual Nominal Bruta (TANB).

Renumeração dos depósitos a prazo

Info

Info

Info

Para depósitos automaticamente renováveis, é crucial que o cliente verifique a taxa de juro aplicada pela instituição de crédito no momento da renovação para o prazo subsequente

Pode-se calcular a Taxa Anual Nominal Líquida (TANL), que é a Taxa Anual Nominal Bruta após dedução do imposto sobre os juros. Da mesma forma, pode-se calcular a Taxa Anual Efetiva Líquida (TAEL).

A Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) de um depósito a prazo expressa sua remuneração em termos nominais. No entanto, é crucial considerar que a evolução do nível geral dos preços pode diferir da taxa de juros que remunera o depósito. Se a taxa de inflação for maior, a taxa de juros real será menor que a nominal. Portanto, é importante comparar a remuneração nominal do depósito com a taxa de inflação. Para manter o valor real dos fundos investidos, é necessário que a remuneração nominal do depósito, após dedução do imposto sobre os juros, seja pelo menos igual à taxa de inflação.

Renumeração real e nominal

Info

Juro

O juro representa o preço do dinheiro, sendo a remuneração ou o lucro gerado pelo capital emprestado durante um período específico. Aqueles que depositam dinheiro em instituições de crédito esperam receber uma remuneração, pois estão disponibilizando seus recursos para serem utilizados por outros. Por outro lado, aqueles que precisam de mais fundos do que possuem estão dispostos a pagar um custo para acessar esses recursos. Esse pagamento ou recebimento é chamado de juro e pode ocorrer em diferentes periodicidades, como mensalmente, semestralmente ou anualmente, conforme acordado entre as partes.

Info

Juro = capital x taxa de juro x tempo

O juro composto envolve a capitalização dos juros sobre o capital inicial, resultando em um novo capital a cada período. Isso gera juros sobre juros, levando a um crescimento exponencial do capital ao longo do tempo. Ao contrário do juro simples, que cresce de forma proporcional ao tempo, o juro composto cresce de forma mais que proporcional, devido à capitalização dos juros.

Juro composto

O juro simples é o juro obtido pela aplicação de um montante de capital em um depósito ao longo de um período de tempo específico. Para calcular o juro simples, basta multiplicar o capital pela taxa de juro em vigor durante esse período.

Juro simples

Aplicação da Poupança

250.000€

100.000€

50.000€

100.000€

Capital aplicado

Prazo

TANB

100.000.00€

12 meses

3,5%

TANL

Juro = capital x TANB x tempo = 100.000 x 1 x 3,5% = 3500 €Juro = capital x TANL x tempo = 100.000 x 1 x 1,98% = 1980 €

1,98%

Capital aplicado

Prazo

TANB

TANL

100.000.00

12 meses

1,25%

0,9%

Juro = capital x tanb x tempo = 100.000 x 1.25% x 1 = 1250€Juro = capital x tanl x tempo = 100.000 x 0.9% x 1 = 900€

Capital aplicado

Prazo

TANB

TANL

50.000.00

12 meses

3,5%

2,5%

Juro = capital x tanb x tempo = 50.000 x 3.5% x 1 = 1750€Juro = capital x tanl x tempo = 50.000 x 2,5% x 1 = 1250€

Bibliografia:

  • https://www.novobancodosacores.pt/particulares/poupancas-acores/nocoes-basicas-de-poupanca
  • https://www.bancoctt.pt/as-suas-poupancas/deposito-a-prazo-banco-ctt
  • https://depositos.finantia.com/
  • https://www.openbank.pt/deposito-a-prazo-novos-clientes
  • https://www.bportugal.pt/page/poupanca-depositos-acoes-e-obrigacoes-risco-e-remuneracao
  • https://elearning.todoscontam.pt/citilearn/data/bp/aula_3/material_apoio/aula_3_material_de_apoio_nocoes_basicas_sobre_aplicacao_de_poupanca.pdf
  • https://www.bancoctt.pt/o-seu-dia-a-dia/deposito-a-ordem-ou-deposito-a-prazo-como-escolher
  • https://fastercapital.com/pt/tema/as-vantagens-e-desvantagens-de-investir-em-dep%C3%B3sitos-a-prazo.html
  • https://www.todoscontam.pt/pt-pt/remuneracao-de-um-deposito-prazo
  • https://www.todoscontam.pt/Glossario/Glossario/T

O que é TANB?

TANB é a remuneração anual de um depósito, sendo uma taxa nominal que não considera a inflação. É uma taxa de juro simples, pois não inclui a capitalização de juros durante o período do depósito. Os juros são pagos na conta associada ao depósito a prazo e é uma taxa bruta, sem descontar o imposto sobre os juros.

O que é a TAE?

A TAE é a medida do custo de um empréstimo, expressa em percentagem anual do montante concedido. Inclui encargos com juros, comissões e seguros, mas exclui despesas com impostos ou registos. Utilizada para medir o custo do crédito, como no crédito às empresas.

  • Menor taxa de retorno: Geralmente mais baixa em comparação com ações ou fundos mútuos.
  • Liquidez limitada: Sujeito a multas se retirado antes da maturidade.
  • Risco de inflação: Retorno pode não acompanhar a inflação, resultando em perda de valor.

Vantagens:

  • Taxa de retorno garantida: Retorno fixo conhecido no momento do investimento.
  • Seguro do FDIC: Proteção de até US$ 250.000.
  • Baixo risco: Considerado seguro devido ao seguro e retorno fixo

Desvantagens:

O que é a taxa de juro?

´É o custo do dinheiro emprestado ou o rendimento de uma aplicação financeira, expresso como uma percentagem do capital.

O que é a taxa de juro real?

é a taxa de juros nominal ajustada pela inflação.

O que é a taxa de juro nominal?

A taxa de juros nominal é aquela que deve ser obrigatoriamente indicada em todos os contratos de crédito ou aplicações financeiras e é expressa como uma taxa anual.

O que é a TANL?

A TANL corresponde à TANB deduzida dos montantes retidos a título de IRS, considerando apenas o que o cliente receberá efetivamente após o imposto sobre o rendimento.A TAEL é a taxa de remuneração anual deduzida da retenção do imposto (IRS) e pressupõe que os juros recebidos ao longo do ano são reinvestidos à mesma taxa (capitalização de juros).

O que é a TAEL?