Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Ana figueiredo N2Diogo Raimundo N6

Liríca camoniana

"SE HELENA APARTAR"

  1. Leitura expressiva
  2. Tema e assunto
  3. Divisão do poema em partes
  4. Ideal de mulher (Questão)
  5. Recursos expressivos
  6. Análise formal
  7. Relações à pintura de Van Gogh

ÍNDICE

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados, que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

Vamos?

O sujeito poético retrata o poder dos olhos de uma mulher, Helena, e o seu efeito na Natureza e nos homens. O S. P. enumera os elementos que se alteram devido ao poder que os olhos de Helena possuem.

ASSUNTO

O Amor - A representação da natureza/amada

TEMA

Mote

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados, que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

SE HELENA APARTAR

1ª parte

A primeira parte inicia-se no 1º verso e termina no 12º verso. Nesta parte o sujeito lírico relata apenas os efeitos que os olhos de Helena têm sobre a natureza. A suavidade desses olhos sobre a natureza faz com que os ventos se acalmem (v.8), que os espinhos se transformem em flores (v.9), que as serras floresçam (v.11) e que as fontes sejam purificadas (v.12);

Divisão do poema em partes

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados, que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

2ª parte

Divisão do poema em partes

A segunda parte encontra-se desde o 13º verso até ao fim do poema (v.24). Nesta parte são apresentados os efeitos dos olhos de Helena sobre os humanos: estes seduzem e prendem (v.18) os corações dos homens, isto é, fazem com que o os homens se apaixonem ["Amor se lhe rende" (v.22)];

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados, que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

Vénus
Mulher Petrarquista

VS

Ideal de mulher

Recursos expressivos

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados, que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

Análise formal

Divisão em versos e estrofes

- É um vilancete- Divisão em versos e estrofes: 1ª estrofe (mote) constituída por 3 versos (terceto)+ 3 estrofes (voltas) constuídas por 7 versos (sétimas); Total de 24 versos;

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

Análise formal

Mote

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados, que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

SE HELENA APARTAR

SE HELENA APARTAR

Métrica

SE HELENA APARTAR

Métrica:Os versos têm 5 sílabas métricas, são redondilhas menoresExemplo: Se/ He/le/na a/par/tar

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se/ He/le/na a/par/tardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

Análise formal

Esquema rimático

gccggbb

effeebb

cddccbb

abb

SE HELENA APARTAR

- Esquema rimático:1ª estrofe: abb2ª estrofe: cddccbb3ª estrofe: effeebb4ª estrofe: gccggbb

Mote

Faz serras floridas,faz claras as fontes...Se isto faz nos montes,que fará nas vidas?Trá-las suspendidas,como ervas em molhos,na luz de seus olhos.

Os corações prendecom graça inumana;de cada pestanauma alma lhe pende.Amor se lhe rendee, posto em giolhos,pasma nos seus olhos.

Se Helena apartardo campo seus olhos, nascerão abrolhos. A verdura amena, gados que pasceis, sabei que a deveis aos olhos d' Helena. Os ventos serena, faz flores d' abrolhos o ar de seus olhos.

Análise formal

Análise formal

Trá-las suspendidas,como ervas em molhosna luz de seus olhoscomo.

Comparação: "Trá-las suspendidas, / como ervas em molhos/ na luz de seus olhos" (vv.15-17) - Relação de semelhança entre dois elementos (quantidade de vidas que Helena traz apaixonadas na luz dos seus olhos);

verdura amena,gados, que pasceis, sabei que a deveisaos olhos d' Helena.

Apóstrofe: "A verdura amena, / gados, que paceis" (vv. 4-5) - Indica a quem o sujeito lírico se está a dirigir (o interlocutor), que inconscientemente beneficia dos efeitos transformadores dos olhos de Helena;

A pintura "Vista de Arles, formas em flor (1889), criada por van gogh representa uma paisagem de natureza pura, florida.Tal como na pintura, o poema retrata uma paisagem natural, ou seja, Locus Amoenus, que consiste numa descrição da paisagem ideal, em ambiente de tranquilidade, propício ao amor.

Semelhanças entre a pintura e o poema

Faz serras floridas,faz claras as fontes

Anáfora: "Faz serras floridas, / faz claras as fontes" (vv.11-12) - Utilizada com o objetivo de enfatizar o poder transformador dos olhos de Helena sob a natureza;​

se isto faz nos montes,que fará nas vidas?como.

Interrogação retórica: "se isto faz nos montes, / que fará nas vidas?" (vv.13-14) - Interrogação próxima da exclamação ou da afirmação, utilizada para dar ênfase ao poema;

Amor se lhe rende

Personificação: "Amor se lhe rende" (v.22) - Personificação do sentimento Amor através da atribuição de caracteristicas humanas tais como a rendição (atitude de vassalagem);