Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Trabalho realizado por:
  • Iolanda Gomes nº8
  • Matilde Naia nº17
  • Lista de pontos
  • Lista de pontos

Prespetiva life-span

Paul Baltes foi um psiólogo alemão que desenvolveu uma reconhecida investigação na área da Psicologia, tendo estabelecido a perspetiva do desenvolvimento life-span. Ao longo da sua vida, dedicou-se ao estudo da Psicologia do envelhecimento.

Autor

Estas influências afetam cada pessoa de forma diferente consoante vários fatores como: a idade, o contexto ou o momento em que decorre.

Influências não normativas

Influências normativas da história

Fatores que influenciam apenas a vida de alguns indivíduos, de forma inesperada, podendo ser tanto positivos como negativos (promoção no emprego, desemprego, divórcio ou doença grave)

Acontecimentos marcantes numa cultura que afetam os trajetos de desenvolvimento dos indivíduos (acontecimentos políticos, guerras, crises económicas, catástrofes ou epidemias).

Mudanças previsíveis, de natureza genético-biológica ao longo das idades, como a puberdade ou a menopausa/andropausa, e aspetos ambientais, como o ingresso na escola ou a reforma.

Influências normativas de idade

De acordo com a perspetiva life-span

Mudanças que promovem o desenvolvimento humano

A perspetiva life-span entende o desenvolvimento humano como um processo contínuo que decorre ao longo de todo o ciclo de vida,multidirecional, multidimensional, influenciado por características genético-biológicas e pertença sociocultura. Esta teoria é também inovadora, ao considerar fatores como a etnia, o género ou o estatuto social no estudo do desenvolvimento humano.

O estudo do desenvolvimento deve debruçar-se sobre os momentos de aquisição, mas também sobre os momentos de perda e de compensação. Alguns ganhos implicam, por vezes, perdas. À medida que aprendemos a controlar as nossas emoções até à idade adulta, isso pode, por exemplo, implicar perda de criatividade.

O ser humano é inacabado e está em permanente desenvolvimento. A plasticidade humana ilustra a importância de analisar o desenvolvimento ao longo de todo o ciclo de vida do indivíduo.

A plasticidade humana é um aspeto central no desenvolvimento

O desenvolvimento deve ser entendido como crescimento e declínio

Apesar de presentes em todos os momentos do desenvolvimento, há momentos que ilustram a multidireccionalidade e a multidimensionalidade. A puberdade é um momento de muitas mudanças morfológicas que criam diversas alterações em várias direções que se relacionam. Ao mesmo tempo que se desenvolve a maturação sexual, faculdades cognitivas e alterações emocionais estão em consolidação e em constante mudança.

O desenvolvimento é multidirecional e multidimensional

Todo o ciclo de vida deve ser estudado e compreendido e não exclusivamente as primeiras décadas de vida do indivíduo. Algumas aquisições e mudanças podem ocorrer muito mais tarde em alguns indivíduos. Nenhum período deve ser tomado como tendo prevalência sobre outro.

O desenvolvimento ocorre durante toda a existência do indivíduo

Conjunto de características ou princípios que descrevem esse desenvolvimento

A Psicologia deve interagir com outras áreas disciplinares, por forma a ampliar e enriquecer o estudo do desenvolvimento humano ao longo de toda a vida.

A análise do desenvolvimento exige um trabalho multidisciplinar

Os contextos socioculturais podem condicionar ou orientar o desenvolvimento. Nascer ou viver numa democracia não é o mesmo que nascer ou viver numa ditadura.

Os contextos históricos podem condicionar ou orientar o desenvolvimento.Como por exemplo: Nascer ou viver num país em guerra não é a mesma coisa que nascer ou viver num país em paz.

As condições históricas afetam o desenvolvimento

As condições socioculturais afetam o desenvolvimento

Conjunto de características ou princípios que descrevem esse desenvolvimento