Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

alcoólica

FERMENTAÇÃO

Biologia e Geologia10A

Grupo: Joelma Nduwa,Yvânia Araújo,Inês Gomes,Andre Guvulo,Ricardo Rodrigues

Introdução

O que é a fermentação

Unit 1

Como ocorre a fermentação.

Unit 2

Fotos da fermentação alcoólica.

Unit 3

Leveduras

conclusão

Fermentação

Webgrafia

Links e apresentação

Indíce

A fermentação é a obtenção de energia que não requer a presença de oxigénio, podendo por isso ser realizada em condições de anaerobiose.A oxidação é incompleta, pelo que o rendimento energético é muito mais baixo do que o da respiração aeróbia.

Fermentação

O que é a fermentação?

Introdução

É um processo pela qual a matéria orgânica é parcialmente degradada e a energia química nela armazenada é liberada e utilizada na produção de moléculas de ATP ( adenosina trifostato), em que ficará armazenada para ser utilizada posteriormente em diversas reações do organismo.

Como ocorre a fermentação alcoólica

Unit 1

Fermentação alcoólica

Como ocorre a fermentação alcoólica?

Unit 1

Trata-se de uma fermentação realizada por alguns tipos de bactérias e alguns fungos como levedura Sacharomyces cerevisiae, o ácido pirúvico(C3) é descarboxilado, gerando acetaldeido por meio da ação da enxima piruvato descarboxilase.Como resultado dessa fermentação, o NADH produz a redução do acetaldeído a moléculas do etanol(C6H6O) produzindo ainda o dióxido de carbono(CO2).

C6H1206 -► 2 C2H50H + 2 C02 + 2 ATP

Equação da fermentação:

TemperaturaArejamentopHConcentração de açucar do mostoNecessidades nutritivas das leveduras

Fatores:

Fatores e etapas que condicionam a fermentação alcoólica

Unit 1

Etapas:

1.Glicólise: a glicolise é invertida em duas moléculas de piruvato.-Produz ATP e NADH.2. Descarboxilação do piruvato: o piruvato é convertido em acetaldeído com liberação de CO2.3.Redução do acetaldeído: o acetaldeído é reduzido a etanol pela ação da enzima álcool desidroenase.-O NADH é oxidado a NAD+, permitindo que o ciclo continue.

Temperatura: as leveduras só se desenvolvem bem num leque de temperatura bastante restrito, de que depende, não só a sua taxa de crescimento mas também a sua taxa de fermentação, e o rendimento e a velocidade fermentativos.

Arejamento: a atividade das leveduras da fermentação pode ocorrer na ausência ou na presença de oxigénio, uma vez que elas tanto podem efetuar a fermentação alcoólica(anaeróbia) como a respiração(aeróbia),sendo a glicóse comum a ambos os processos

pH: quanto mais elevado for o pH, melhor atuarão também as bactérias, pelo que é necessário de novo uma situação de compromisso, baixando o pH para níveis que ainda permitam o desenvolvimento das leveduras, mas limitam a atividade das bactérias.

Concentração de açúcar do mosto: concentrações elevadas de açúcar causam, á partida problemas de início e de fim de fermentação: no início, as leveduras preferirem efetuar a respiração em vez da fermentação dos açucares.

Necessidades nutritivas das leveduras: embora o mosto seja, em geral, relativamente bem provido de tudo o que as leveduras necessitam, pode haver deficiências.

Fotos de uma atividade da fermentação alcoólica

Unit 2

Fotos de uma atividade da fermentação alcoólica

Unit 2

Preparação da fermentação alcoólica

Finalização da fermentação alcoólica

Leveduras

Unit 3

Leveduras

Unit 3

As Leveduras são microrganismos unicelulares do reino Fungo, tcomo bolores e cogumelos. São classificadas com base na morfologia das colônias e na fisiologia celular, dividindo-se em Ascomycota e Basidiomycota. As leveduras de gemulação, usadas na indústria alimentícia, são do filo Ascomycota, ordem Saccharomycetales. A espécie mais comum, Saccharomyces cerevisiae, é conhecida como levedura de padeiro ou da cerveja, devido ao seu uso na produção de pão e bebidas alcoólicas. Realiza na fermentação alcoólica, convertendo açúcares em etanol e dióxido de carbono, essencial para a gaseificação da cerveja e o crescimento da massa do pão.

Conclusão

Conclusão

A fermentação alcoólica é um processo bioquímico essencial tanto na natureza quanto na indústria. Realizado principalmente por leveduras, esse processo transforma açúcares em etanol e dióxido de carbono, desempenhando um papel crucial na produção de bebidas alcoólicas e de biocombustíveis. Além de sua importância econômica, a fermentação alcoólica também ilustra princípios fundamentais de metabolismo e bioquímica, evidenciando a capacidade dos organismos de obter energia em condições anaeróbicas. Assim, a fermentação alcoólica não só contribui para diversos setores industriais, mas também enriquece nosso entendimento sobre os processos biológicos fundamentais.

Webgrafia

https://www.biologianet.com/biologia-celular/fermentacao.htm

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Levedura

Fermentação:

Fatores e etapas:

https://www.drapc.gov.pt/base/geral/files/Fermentacao_Alcoolica_Parte3.pdf

https://mundoeducacao.uol.com.br/biologia/fermentacao.htm

Leveduras:

Fim

OBRIGADO!