Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

STEVE JOBS

Horizontal infographics

OSCAR WILDE

Horizontal infographics

TEN WAYS TO SAVE WATER

Horizontal infographics

NORMANDY 1944

Horizontal infographics

LIZZO

Horizontal infographics

BEYONCÉ

Horizontal infographics

Transcript

Caminhos Liberais em Portugal

1838

1836

1842

1820-51

1846-47

1828

1834

1831

1832

1826

Trabalho realizado por: - Anny Lima; - Matilde Mestre; - Maria Beatriz Andrade; - Rafael Brito. Disciplina: História A Professora: Mª Fernanda Campos Ano Letivo: 2023/24

Perante o caos em que Portugal se apresentava, D. Pedro abdicou do trono brasileiro e veio lutar pela restituição à filha do trono português. Através do auxílio de diversas cortes europeias, como Inglaterra, França, entre outras, conseguiu os meios necessários à constituição de um pequeno exército. Por conseguinte, eclode uma guerra civil em Portugal, também conhecida por Guerra dos Dois Irmãos ou Guerra dos Liberais.

1831

Doc. 5 - A Guerra Civil entre Liberais e Absolutistas

1828

Em meados de fevereiro de 1828, D. Miguel regressa a Portugal, prestando juramento à Carta Constitucional, honrando o compromisso que havia feito com o seu irmão, D. Pedro. No entanto, esta adesão ao Liberalismo foi apenas provisória, uma vez que em julho do mesmo ano reuniu as Cortes em Lisboa de uma forma tradicional, os três estados do reino, e acalmou-se rei absoluto. Portanto, Portugal volta a entrar num regime absolutista, pondo de parte o liberalismo. Fruto deste novo regime, milhares de liberais partiram para o exílio na França e em Inglaterra, com medo das perseguições, onde acabaram por organizar resistências. Os que permaneceram no país sujeitaram-se a uma repressão extrema, período que ficou conhecido como terror miguelista.

Doc. 4- D. Miguel I