Want to make creations as awesome as this one?

Globalização económica

More creations to inspire you

LIZZO

Horizontal infographics

BEYONCÉ

Horizontal infographics

ONE MINUTE ON THE INTERNET

Horizontal infographics

SITTING BULL

Horizontal infographics

RUGBY WORLD CUP 2019

Horizontal infographics

GRETA THUNBERG

Horizontal infographics

Transcript

A globalização da economia

Primórdios da globalização da economia

1450-1850

2.ª Etapa - Globalização industrial, imperialista e colonialista

2021 ...

1950-Atualidade

Revolução Industrial - 1760

1850-1950

1.ª Etapa - Globalização expansionista e mercantilista

Pandemia COVID19

Guerra Rússia-Ucrânia

Economias-mundo

Antes Séc. XV

Características:

  • existência de 5 economias-mundo autónomas – Europa, África, Índia, China e Américas;
  • separação das várias economias-mundo por grandes extensões de terra e mar, que limitam os contactos e o comércio;
  • conhecimento reduzido das outras economias-mundo, limitado a relatos incompletos de viajantes e a lendas.

3.ª Etapa - Globalização tecnológica, associativa e digital

Descoberta do Novo Mundo

Descoberta caminho marítimo Índia

Comércio Triangular

O Comércio Triangular do Atlântico é a expressão utilizada para designar um conjunto de relações comerciais dirigidas por países europeus entre as metrópoles e os vários domínios ultramarinos, de carácter transcontinental apoiado em três vértices geopolíticos e económicos: Europa, África e América (Norte, Centro e Sul), com relações secundárias com a Ásia e os seus produtos.

Revolução Francesa - 1789

I Guerra Mundial

II Guerra Mundial

Progresso das Telecomunicações e Transportes

CECA - CEE - UENAFTAMERCOSULASEANOPEPOMCInternet - década 60HTTPS - 1991WWW - 1992Alterações ClimáticasBREXIT

Crise energética

Tensões inflacionistas

Guerras / Revoluções

Grande Depressão 1929

Criação ONU - 1945

30.01.2022: O PS vence as legislativas com maioria absoluta, 41,6% e 117 deputados. 24.02.2022: Começa a invasão da Ucrânia pela Rússia, com a condenação generalizada dos países do Ocidente. ... ... ... ...

A globalização da economia

Adamastor

Mitologia

Luís de Camões no Canto V da epopeia portuguesa Os Lusíadas, como o gigante do Cabo das Tormentas, que afundava as naus. Como ele foi "jogado ao fundo dos mares", desfazia-se em lágrimas, as águas salgadas que banhavam a confluência dos oceanos Atlântico e Índico, e revoltava-se sob a forma de uma tempestade ameaçando a ruína daquele que tentasse dobrar o Cabo das Tormentas, os alegados domínios de Adamastor. O episódio do Adamastor representa, assim, em figuração grandiosa e comovente, as forças da natureza, a sua oposição à audácia dos navegadores portugueses comandados por Vasco da Gama e a predição da história trágico-marítima que se lhe seguiria.

intensificação das trocas culturais e comerciais entre os vários continentes, como resultado da abertura do caminho marítimo para a Índia e da descoberta do “Novo Mundo” pelos portugueses e espanhóis; estabelecimento de colónias ultramarinas pelos vários impérios coloniais europeus (Portugal, Espanha, Holanda, Inglaterra, Bélgica, Alemanha, etc.); prática do comércio triangular, entre as várias colónias e com a metrópole. A metrópole vende às colónias produtos europeus manufaturados. As colónias trocam, entre si e com metrópole, matérias-primas e escravos. Por exemplo: Lisboa (quinquilharias)  Angola (escravos)  Brasil (cana-de-açúcar)  Lisboa.

Caraterísticas do período

Caraterísticas do período

# industrialização progressiva dos países europeus impulsionada pelo uso da máquina a vapor; # implantação do capitalismo industrial, expresso pela forte componente industrial das atividades económicas e produtivas (produção em série, produção em massa, produção detida por privados, etc.); # aplicação do capitalismo financeiro, caracterizado pela participação ativa da banca na economia, através de investimentos diretos, ou de avultados empréstimos às empresas;

# adoção de teorias económicas liberais (laissez-faire – livre comércio externo, sem intervenção dos governos) inspiradas nas obras de economistas ingleses como David Ricardo e Adam Smith

Caraterísticas do período

# disseminação, no campo político e ideológico, dos valores das várias revoluções liberais do século XVIII, como a Revolução Francesa de 1789; # desmoronamento dos grandes impérios europeus como resultado das duas grandes guerras mundiais (1914-18 e 1939-45); # independência das colónias dos impérios europeus, de que resultam novas nações; # progressos nas telecomunicações (telégrafo e telefone) e nos transportes (aviação, comboio e barco a vapor) que aproximam as populações dos diferentes continentes.

# aparecimento de associações supranacionais (constituídas por várias nações) para proteção dos interesses económicos, culturais e geopolíticos comuns (ONU1, CECA2, MERCOSUL3, União Europeia, OTAN4, OPEP5, PALOP6, etc.); # abertura do mundo comunista soviético ao capitalismo ocidental, com a queda do Muro de Berlim (1989) e a dissolução da URSS7 (1991); # abertura da China comunista ao investimento capitalista e adoção do chamado "capitalismo selvagem”, que se caracteriza por uma rápida liberalização da economia cujas regras de mercado nem sempre são garantidas por parte dos governos; # generalização da informática, tendo-se tornado num dos suportes fundamentais para as atividades económicas;# acesso a comunicações quase instantâneas (telemóvel, internet, televisão); # aparecimento e difusão da internet e tecnologia digital que contribuem para tornar o mundo mais próximo; # o mundo torna-se uma "aldeia global" (Marshall McLuhan). Esta metáfora traduz a proximidade que existe entre os povos do mundo, proporcionada pela rapidez dos meios de comunicação e transportes.

Caraterísticas do período